Feeds:
Posts
Comentários

Archive for setembro \21\UTC 2009

DSC_0005A gibiteca voltou à ativa depois de duas semanas sem nossos encontros matinais. Tivemos nesse sábado (19) a ilustre presença de Silvio Amarante. Um dos maiores colecionadores de revistas da cidade e o dono da comic shop Revistas & Cia. Ele contou como é a vida de um amante dos quadrinhos, as dificuldades, as alegrias as curiosidades de sua vida de colecionador, além de falar da trajetória de umas das lojas de quadrinhos mais famosas da cidade.

DSC_0025Silvio começou a colecionar revistas desde os 6 anos. Ele mesmo faz questão de dizer que esse processo “não teve interrupção”. A primeira revista pela qual se apaixonou foi “O Cruzeiro”, principalmente por conta de um uma sessão especial: a charge do Amigo da Onça, do qual ele ainda fala com admiração. Os quadrinhos de que mais gostava eram Zorro, Tarzan e, principalmente, Fantasma.

O colecionador começou suas negociações ainda menino na feira de revistas do centro da cidade. Ele conta um episódio em que comprou fiado de um senhor mais de 1000 revistas. Chegando em casa num carro de praça lotado de exemplares, seu pai, mesmo chamando-lhe de louco (rs), comprou-lhe todos. Era uma troca. Ele tirava boas notas e seu pai o recompensava com revistas. Era na época do colégio que ele se passava por “intelectualzinho”, lendo, através da Edição Maravilhosa, todos os clássicos da literatura brasileira e internacional.

DSC_0027

Em 1968 ele tentou abrir sua primeira comic shop que não deu certo. Em seguida serviu ao Exército em Teresina e em São Luís, porém, ao chegar, ouve a grande mudança em sua vida. Foi quando começou a ter contato com colecionadores e a perceber que tinha que estudar bastante para conhecer o valor de suas revistas. Em 1982 casou-se e em 1984 abriu uma Casa Lotérica, que, não por acaso, chamava-se Quadrinhos Lotéricas. Em 1984 passou a comprar mais revistas e, por influência do jornalista Lúcio Brasileiro abriu o Museu da Revista que estava disponível para estudantes, porém, foi fechada devido à falta de estrutura e ao desaparecimento de exemplares.

DSC_0030Outro divisor de águas na sua vida foi a compra de um grande acervo de um colecionador. Para isso ele vendeu um terreno e foi considerado louco por muitos. Porém, ele disse ter sido essa a melhor compra de sua vida. Chegou a vender algumas revistas da sua coleção particular, mas disse que jamais o faria novamente. Emocionado, ele revelou que decidiu por seus sonhos em prática e foi em 1993 resolveu montar a sua atual loja, a Revistas & Cia que ele diz ainda não ser a última versão do seu sonho. Porém, Silvio conta que uma das épocas mais difíceis foi em 1996 quando o depósito onde guardava suas revistas foi alagado por um temporal e ele perdeu quase tudo.

DSC_0026Silvio recuperou-se e hoje é um dos maiores profissionais em sua área. É um grande conhecedor de revistas e, principalmente do quanto valem. Ele explica que alguns exemplares valem hoje centenas de reais. Porém, ele revela que seu grande empecilho de não ser um bom negociante, é sua paixão de colecionador. Ele diz que perseverar em seu sonho é difícil, mas o lema que segue é “acreditar sempre, eis a diferença”.

Não deixem de conferir toda a fala de Sílvio em podcast e imagens que a gente vai disponibilizar em breve. Também estão todos convidados para o próximo encontro que será dia 26 (próximo sábado) às 10h na Gibiteca. A presença de Weaver Lima falando do Panorama Nona Arte vai estar imperdível. Até a próxima!

Anúncios

Read Full Post »

gibiteca6

Read Full Post »

gibiteca5-ok

Read Full Post »

Car@s Amig@s,

Este post é para nos desculparmos pelo intervalo em nossas atividades. Algumas circunstâncias nos levaram a adiar o encontro de sábado passado e interromper temporáriamente a atualização do blog.  A Mel Sampaio estava afastada, participando de um evento e eu, Paulo, fiquei de manter tudo em ordem, mas acabei tendo uma apendicite e passando por uma pequena cirurgia! Nada grave, na verdade. Apenas incômodo. O pessoal da Oficina de Quadrinhos da UFC – que estava agendado para uma palestra no sábado passado – e eu preferimos adiar a fala deles.  Portanto, a palestra A Oficina de Quadrinhos da UFC como espaço de aprendizagem do fazer quadrinístico: da teoria à prática ocorrerá em Outubro, com data a ser definida em breve.

No próximo sábado retomamos nossas atividades, com a palestra O Pop contemporâneo Japonês, com o pessoal da FCNJ, dia 12 de setembro, as 10h na Gibiteca de Fortaleza.

Não deixem de comparecer e coloborem na divulgação!

Paulo Amoreira

Read Full Post »